Congresso de Ed Física 2016

domingo, 30 de agosto de 2015

1º DE SETEMBRO – DIA DO PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA.

No dia 1º de Setembro, é comemorado em nosso país o Dia do Profissional de Educação Física, uma data voltada para a valorização e entendimento das várias modalidades que englobam essa profissão. Essa celebração ocorre nessa data por coincidir com a instituição da Lei Federal nº 9696, em 01 de setembro de 1998, que regulamentou a Profissão de Educação Física e criou os Conselhos Federais e Regionais de Educação Física.
De acordo com o Conselho Federal de Educação Física, é reconhecido como Profissional de Educação Física aquele identificado pelas denominações a seguir: Professor de Educação Física, Técnico Desportivo, Treinador Esportivo, Preparador Físico, Personal Trainner, Técnico de Esportes; Treinador de Esportes; Preparador Físico-corporal; Professor de Educação Corporal; Orientador de Exercícios Corporais; Monitor de Atividades Corporais; Motricista e Cinesiólogo.
Percebemos, portanto, que a Educação Física é uma área ampla e não se restringe apenas às academias e escolas. O profissional formado nessa área pode atuar com ginástica laboral, esportes e até mesmo em áreas recreativas. Entretanto, vale destacar que o profissional licenciado atua exclusivamente na Educação Básica, enquanto o Bacharelado possibilita o trabalho em outras áreas não relacionadas com o ensino (personal trainer, por exemplo).

Independentemente da área em que o Profissional de Educação Física atua, ele sempre está diretamente relacionado com a promoção da saúde e aumento da qualidade de vida da população. Assim sendo, é fundamental que um profissional formado e devidamente registrado acompanhe as atividades físicas realizadas em academias e escolas, por exemplo, para garantir que a atividade ocorra de maneira adequada, além de garantir a saúde de quem está praticando.
Para garantir que o profissional de Educação Física esteja apto a promover a saúde da população, os cursos oferecidos pelas universidades não se baseiam apenas na prática de exercícios, danças e esportes. Durante toda a formação, o profissional é informado sobre o funcionamento do corpo e tem acesso a matérias como fisiologia, anatomia humana, bioquímica, biofísica e comportamento motor.
Atualmente, percebe-se um aumento na busca pelo condicionamento físico e o corpo perfeito, o que favorece a inserção dos profissionais de Educação Física no mercado de trabalho. É importante salientar que somente esse profissional está apto a criar planos de exercícios que garantam maior eficiência nos treinamentos. Sendo assim, ao iniciar uma atividade física, sempre se informe se há um profissional orientando a atividade.
Curiosidade: O Símbolo da Educação Física é o Discóbolo de Mirón (imagem do início deste texto) e foi escolhido como uma forma de simbolizar a força e o dinamismo da profissão. A pedra do curso, por sua vez, é a de cor verde, que é usada por todos os profissionais da saúde.

Fonte: Por Ma. Vanessa dos Santos

sábado, 29 de agosto de 2015

INTERCÂMBIO 3 ETAPA DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA SEM FRONTEIRAS DA FIEP - G2 - NACIONAL - 2015.

PARAÍBA - PATOS
Patos é um município brasileiro no estado da Paraíba, localizado na microrregião de Patos, na mesorregião do Sertão Paraibano. Distante 307 km de João Pessoa, sua sede localiza-se no centro do estado com vetores viários interligando-o com toda a Paraíba e viabilizando o acesso aos Estados do Rio Grande do NortePernambuco e Ceará. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano de 2014 sua população foi estimada em 105.531 habitantes. Patos é a 3ª cidade polo do estado da Paraíba, considerando sua importância socioeconômica.

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

INTERCÂMBIO 3 ETAPA DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA SEM FRONTEIRAS DA FIEP - G2 - NACIONAL - 2015

PERNAMBUCO - ARCOVERDE

 PARAÍBA - PATOS

 RIO GRANDE DO NORTE - MOSSORÓ E BARAÚNA

PERÍODO : 19 A 26 DE AGOSTO DE 2015

Chegada dia 19 de Agosto em Recife - PE (aeroporto) e Arcoverde

Em Patos - PB - dia 21 de Agosto

Em Mossoró - RN - dia 23 de Agosto

Retorno para nossas casas dia 26 de Agosto.


            ROTEIRO PROGRAMADO G2

Programação e Organização: FIEP no Brasil e Delegacia Regional da FIEP - PE , PB e RN

Coordenação : Profa. Leonor Maria e Silva Palha Dias de Araújo 
                                   Delegada Regional da FIEP no Piauí

                         Profa. Rosa Maria Alves da Costa
                                    Delegada Regional da FIEP - Pará

Coordenadores Locais: 

                                    Arcoverde -PE : Prof. Alfredo Telino Leal de Lacerda
                                                              Delegado Regional da FIEP - PE

                                    Patos - PB : Prof. Marcos Antonio Medeiros do Nascimento
                                                                 Delegado Adjunto da FIEP - PB

                                    Mossoró e Baraúna - RN : Prof. Hideraldo Bezerra dos Santos
                                                                                       Delegado Regional da FIEP -RN

                                PROFESSORES E DISCIPLINAS

1- Prof. ALMIR ADOLFO GRUHN -PR - Presidente Mundial da FIEP  (Convidado Especial)
TEMA : O que é FIEP.

2- Profa. Leonor Maria e Silva Palha Dias de Araújo- PI
TEMA: Educação Física Escolar e Ludicidade: Desafios atuais e novas perspectivas.

3- Profa. Rosa maria Alves da Costa - PA
TEMA: Atividades Recreativas e Danças Populares.

4- Dra. Sônia Maria Bordin - PR
TEMA: Estratégias da Nutrição Desportiva.

5- Profa. Marilane de Cascia Silva Santos - MG
TEMA: Psicomotricidade.

6- Prof. Clery Quinhones de Lima - RS
TEMA: Comunicação Esportiva: A relação existente da Educação física/Esporte com a comunicação.

7- Prof. Bruno José Rosa Gonçalves Matos
TEMA: Handebol para crianças e adolescentes.

                            PROGRAMAÇÃO DE ARCOVERDE - PERNAMBUCO

DIA 19 de Agosto - Recepção no aeroporto de Recife, almoço e viagem para Arcoverde  (250 km) 
                               aproximadamente 3 horas de carro.

19:00h - Abertura do Evento no Auditório da AESA.

21:00h - Jantar

DIA 20 Agosto - MANHÃ E TARDE : Cursos

19:00h - Jantar

20:00h - Programação Cultural

DIA 21 de agosto - MANHÃ - Programação Cultural com possível ida ao Vale do Catimbau.

12:00h - Almoço 

13:00h - Partida para Patos - PB.
                                              
                                           PROGRAMAÇÃO PARA PATOS - PARAÍBA

DIA 21 de Agosto às 13:00h (tarde) Saída para Patos-PB. 204 Km - 2:30 h de carro.

DIA 21 às 20:00h : Abertura do evento. ( Auditório a decidir )
                              Após a Abertura, Jantar na Churrascaria "O RANCHO"

DIA 22 de  Agosto - MANHÃ - 08:00h às 12:00h : CURSOS
                                TARDE  - 14:00 ÀS 18:00h : CURSOS

                                NOITE - Jantar na residência do Kaka : bom papo regado à bebidinha quente 
                                              tipo caipirinha.

DIA 23 de Agosto - às 8:00h - CITY TOUR - Principais pontos turísticos de Patos.
                                                                    
                                                                    - Uma esticada até o Pico do Jabre, 1200 m, uma visão
                                                                 privilegiada de todo Vale das Espinharas.

                                                                    - Alguns Engenhos de Cana de Açúcar

DIA 23 de Agosto - às 12:00h (meio dia) ALMOÇO e esperar o transporte que vai nos conduzir ao
                                Rio Grande do norte.

                    PROGRAMAÇÃO DE MOSSORÓ E BARAÚNA - RIO GRANDE DO NORTE


DIA 23 de Agosto - DOMINGO

13;00H - saída de Patos -PB para Mossoró- RN

Chegada mais ou menos às 17:00h em Mossoró.

17:30h - Hospedagem e repouso;

18:00h - Reunião FIEP - Brasil, G2 e FIEP do RN

19:30h - Jantar

20:30h - Cultural

23:00h - Descanso.

DIA 24 de Agosto - Segunda - Feira

7:00h - Café

7:30h às 11:30h - MANHÃ - CURSOS em Mossoró e Barauna.

13:30h às 11:30h - TARDE - CURSOS em Mossoró e Barauna. 

                              - NOITE - 
19;30h às 22:00h - Cerimonial de Abertura;
                               Palestra "O Que é FIEP"
                 22:15h - Cultural.

DIA 25 de Agosto - Terça- feira - MANHÃ

8:00H ÀS 11:30H - CIRCUITO DOS CURSOS. (Mossoró)

14:00h às 22:00h - CULTURAL

DIA 26 de agosto - Quarta- feira- MANHÃ

7:00H às 12:30h - CULTURAL

13:00H- Saída para Fortaleza - CE- Aeroporto
              Retorno para nossas casas.

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA SEM FRONTEIRAS G2 NO NORDESTE:

ARCOVERDE-PE 

Na noite de hoje, dia 19, abriu a participação dos SEM FRONTEIRAS DE EDUCAÇÃO FISICA DA FIEP, GRUPO 2, na cidade de ARCOVERDE, PE, a 230km de Recife.
A solenidade oficial de abertura foi na Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde -  AESA.

A mesa foi composta pelo representante do LW Esportes, Alexandre Lira, coordenador do Curso de Educação Física da AESA; Almir Gruhn, presidente da FIEP MUNDIAL, Roberto Coelho, presidente da AESA e a Vereadora Célia Cardoso.


  


Prof. Telino, Delegado da FIEP e professor da AESA, apresentou o cerimonial

Na fala das autoridades foi destacada a importância da realização do evento na cidade de ARCOVERDE, pela iniciativa do Telino, na qualidade de delegado da FIEP e professor da AESA. ALMIR, Presidente da FIEP, diz que a FIEP fica contente quando os eventos dos SEM FRONTEIRAS são realizados no interior do Brasil, pois o projeto já passou em todas as capitais; O diretor da AESA juntamente com Alexandre, Coordenador do Curso de Educação Física dizem que essa realização ganha os alunos do Curso, a Educação Física de ARCOVERDE e a própria cidade, por isso agradeceram a oportunidade dada pela FIEP; A vereadora que já tem 7 mandatos usou da palavra, também pela PREFEITURA  e disse que é um orgulho para o sertão pernambucano a AESA, por isso o investimento da Prefeitura através de programas para mante ativa e progressiva a ENTIDADE e que todo desafio em melhorias, tem o apoio da Prefeitura e a da Câmara de Vereadores.

    Os integrantes do Grupo de SF receberam um documento e uma placa do Poder Legislativo  a realização em julho de 2016, um Brasileiro da FIEP do Sertão Pernambucano, assim como a inscrição de ARCOVERDE para o Brasileiro FIEP em 2017, pois o do ano de 2016, será realizado na cidade de São Paulo.
   CURSOS - Serão realizados na parte da manhã e tarde dessa quinta-feira, na AESA.


sábado, 15 de agosto de 2015

Brasil encerra campanha histórica com mais ouros que Canadá e EUA juntos.

Daniel Dias, nadador, no Parapan de Toronto (Foto: Jonne Roriz/MPIX/CPB)Daniel Dias ganhou oito medalhas em Toronto (Foto: Jonne Roriz/MPIX/CPB)
O Brasil encerrou a participação histórica nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto com mais duas medalhas de ouro neste sábado. No futebol de sete (para atletas com paralisia cerebral), a seleção venceu a Argentina por 3 a 1. Já no goalball, a vitória foi sobre os Estados Unidos por 10 a 4. Com isso, o Brasil termina o Parapan em primeiro lugar no quadro geral com 257 medalhas, sendo 109 de ouro, 74 de prata e 74 de bronze, na melhor participação da delegação em todos os tempos. A campanha superou os 228 pódios no Parapan do Rio, em 2007, e os 91 ouros do Parapan da Cidade do México, em 1999. Para se ter uma ideia do domínio absoluto dos atletas verde-amarelos em Toronto, o Brasil conquistou mais medalhas de ouro do que o Canadá (50), que foi segundo no quadro geral, e os Estados Unidos (39), terceiro colocado, somados. Juntos, os dois rivais tiveram 90 ouros contra 109 da delegação brasileira, ou seja, 19 medalhas a menos. 
Vale ressaltar, porém, que os Estados Unidos não enviaram seus melhores atletas em modalidades chaves como natação e atletismo. E que o programa de provas do Parapan e das Paralimpíadas é diferente. Nas Paralimpíadas de Londres, em 2012, os Estados Unidos ficaram em sexto lugar no quadro geral com 31 ouros e 97 medalhas no total, uma posição à frente do Brasil, que foi sétimo, com 21 ouros e 43 medalhas.
NATAÇÃO CONQUISTA 104 MEDALHAS 

A natação foi a modalidade que mais rendeu medalhas ao Brasil. Foram 104 no total, sendo 38 de ouro. Maior medalhista brasileiro em Toronto, o nadador Daniel Dias levou oito e ampliou  ainda mais seu próprio recorde como maior vencedor dos Jogos Parapan-Americanos com 27 medalhas – foram ainda oito pódios na edição de estreia, no Rio 2007, e outras 11 em Guadalajara 2011. Ele comemorou o rendimento da delegação brasileira e mostrou-se bastante otimista para as Paralimpíadas do Rio, no ano que vem, em que o Brasil vai tentar ficar, pela primeira vez, entre os cinco primeiros no quadro de medalhas. 

QUADRO DE MEDALHAS PARAPAN AMERICANO (Foto: infoesporte)Quadro de Medalhas do Parapan de Toronto 2015
- Acredito que ter Jogos em casa é inspiração para todos os atletas que estão aqui. É um grande teste para a gente avaliar o nosso trabalho e ver o que precisa acerta para chegar muito melhor em 2016, já que a gente quer ficar entre os cinco melhores no quadro de medalhas. A gente superar (o número total de medalhas e de ouros em uma edição do ParaPan) Guadalajara e o Rio é algo incrível e mostra o crescimento que o esporte paralímpico está tendo e que a gente vai chegar muito forte no ano que vem (para as Paralimpíadas do Rio) - disse Daniel Dias.
O atletismo ficou em segundo no ranking das modalidades que mais conquistaram medalhas: foram 80, sendo 34 ouros. Em seguida, apareceram o tênis de mesa (31 medalhas, sendo 15 de ouro), a bocha (nove medalhas, com seis ouros), o judô (sete medalhas, com dois ouros) e o tênis em cadeira de rodas (quatro, com dois ouros). Apenas uma das 17 modalidades não conquistou medalha em Toronto. Foi o rugby em cadeira de rodas. O Brasil perdeu a disputa do bronze para a Colômbia por apenas dois pontos: 50 a 48. 
Fonte: http://globoesporte.globo.com/parapan/noticia/2015

sábado, 18 de julho de 2015

Com remix de músicas do país, Brasil é pentacampeão na ginástica rítmica.

Toronto Coliseum vira extensão do país com frenesi dos compatriotas presentes. De "Mas que Nada" a Hino Nacional no repertório, conjunto emociona e vence 5º Pan.

Por Direto de Toronto, Canadá
Após ver a medalha de bronze escapar por pouco, com Angélica Kvieczynski em quarto lugar na final do individual geral, a seleção entrou no tablado para a decisão por equipes nos Jogos Pan-Americanos de Toronto. E o Toronto Coliseum parece ter virado uma extensão do Brasil, tamanha a empolgação e o frenesi dos brasileiros presentes em bom número nas arquibancadas. Com uma apresentação irretocável e um remix de diversas músicas do país, o time acabou levando a medalha de ouro (30.233 no somatório geral), batendo Estados Unidos (29.275) e Cuba (25.692). O repertório de canções nacionais começou com "Mas que Nada", seguida de "Tico-Tico no Fubá", "Alegria Olodum", "Brasileirinho" e fechou com um pedacinho do Hino Nacional. Assim, elas se tornaram pentacampeãs do Pan. O Brasil é soberano no conjunto desde o Pan de Winnipeg 1999, também no Canadá.
Ginástica Rítmica Conjunto  Penta Campeã Panamericana (Foto: RICARDOBUFOLIN/CBG)Seleção brasileira é cinco vezes campeã dos Jogos Pan-Americanos (Foto: Ricardo Bufolin/CBG)
A seleção se apresentou com Dayane Amaral, Emanuelle Lima, Jessica Sayonara Maier, Beatriz Pomini e Ana Paula Ribeiro. Regina Morgana Gmach foi a suplente (ela esteve como titular na sexta). Na sexta-feira, a equipe tinha terminado as 5 fitas, primeiro aparelho, na liderança (14.800 sobre 14.600 dos EUA). Neste sábado, completou o misto (seis maças e dois arcos), com 15.433 contra 14.800 das americanas.
Neste domingo, a partir das 11h, acontecem as finais individuais do arco e da bola e, por grupo, na fita. Na segunda, no mesmo horário, são as decisões por atleta na maça e fita, e por equipe, no combinado entre maça e arco. Angélica Kvieczynski está nas finais individuais de todos os aparelhos com seus resultados. Já Natália Gaudio ficou fora apenas da disputa da medalha na bola.
No Pan anterior, em Guadalajara 2011, o Brasil teve três bronzes com Angélica Kvieczynski, no individual geral, arco e bola, e uma prata nas maças. Além disso, foi ouro no grupo geral, com bolas e combinado entre fitas e arcos.
Brasil ouro ginástica ritmica Pan (Foto: AP)Brasileiras no topo da ginástica rítmica (Foto: AP)
Primeiro Pan e mudanças no repertório
A ginasta Emanuelle Lima, de 19 anos, falou sobre a conquista brasileira. Foi a primeira vez que ela participou dos Jogos Pan-Americanos. 

- Nossa, é maravilhoso, a primeira vez não tem nem como explicar, ganhar essa medalha linda, maravilhosa, estou muito feliz. Sempre temos duas séries nessa competição, cinco fitas e misto de arco e maças. Na segunda, fomos com as músicas brasileiras que todo mundo gosta muito. O público torceu com a gente e parecia que estávamos em casa - contou

A coreógrafa Bruna Martins, assistente da técnica Camila Ferezin, revelou algumas mudanças de última hora no repertório das brasileiras antes da conquista da medalha de ouro.

- A música quem escolheu tudo foi a Camila. Adaptamos a música primeiro. Era "Brasil Pandeiro" primeiro, não "Mas que Nada", mas colocamos elas na quadra com aquela em Berlim e não achamos que estava legal. Chegamos à conclusão de abrir com "Mas que Nada". Ajudou muito na montagem dos passos rítmicos, as séries das danças, pesquisei madrinhas de bateria, porque era samba e, em alguns momentos, elas fazem esses arquétipos. Dessa forma, chegamos à essa mistura maravilhosa - explicou.

Brasil é pentacampeão pan-americano na ginástica rítmica (Foto: Ricardo Bufolin/CBG)Brasil é pentacampeão pan-americano na ginástica rítmica (Foto: Ricardo Bufolin/CBG)
Entenda a ginástica rítmica
O site oficial do Pan de Toronto descreve a ginástica rítmica como "uma combinação de arte e esporte, e um dos dois esportes em que só mulheres competem nos Jogos". O outro é o nado sincronizado. As competidoras fazem rotinas curtas acompanhadas por música em área demarcada de 13m x 13m. Durante as apresentações, os aparelhos precisam estar em constante ação. Ou seja, é preciso haver interação entre os quatro aparelhos (maças, fitas, arco e bola) e a atleta. 

+ Atleta é prata no badminton e fala em casamento com namorada ginasta
+ Acompanhe o calendário de todos os eventos do Pan

+ Confira o quadro de medalhas do Pan
+ Saiba todas as notícias dos Jogos de Toronto 

Na sexta, pela disputa do individual geral, cada competidora se apresentou duas vezes, uma com o arco e outra com a bola. No sábado, 18, completando os aparelhos, primeiro maças, depois, fitas. As notas de todas as apresentações juntas fizeram um somatório que definiu a classificação final. Logo em seguida, foi a decisão da apresentação por equipes. Nesse caso, foram dois aparelhos: fitas e combinado de dois arcos e seis maças. Cada um foi apresentado em um dia, sexta e sábado e, da mesma forma, as notas foram somadas para definir o pódio.
Ginástica rítmica brasileira penta conjunto Jogos Pan Americanos 2015 (Foto: Ricardo Bufolin/ CBG)Equipe brasileira exibe a medalha de ouro no Pan (Foto: Ricardo Bufolin/ CBG)

Brasil goleia no handebol e se aproxima da semifinal.

Meninas fizeram 48 a 12 e não mostraram piedade com as donas da casa.
As brasileiras do handebol feminino não foram boas visitantes. Neste sábado, a Seleção goleou o Canadá pela segunda partida da modalidade nos Jogos Pan-Americanos de Toronto.
O Brasil passeou na quadra do Exhibition Centre. Campeãs do mundo, as brasileiras abriram uma diferença de vinte gols somente no primeiro tempo. O segundo período serviu somente para carimbar a vitória com mais 22 gols marcados e fechar o placar em 48 a 12.

A jogadora da partida foi Alexandra Nascimento, melhor do mundo em 2012, que marcou nove gols. Outras brasileiras que se destacaram foram Fernanda Silva, Deonise e Ana Paula, que fizeram sete  gols cada.
Fonte:http://rederecord.r7.com/pan-toronto-2015

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Atividades recreativas com arco.

Estas são algumas sugestões de atividades com arco para serem  desenvolvidas com alunos do Ensino Fundamental entre 8 e 9 anos.


1.    OBJETIVOS:

·       Ampliar habilidades motoras como: pular, levantar, abaixar;
·       Vivenciar atividades em grupo e individual, desinibindo-se.

I ENCONTRO BORBENSE DE EDUCAÇÃO FÍSICA

I ENCONTRO BORBENSE DE EDUCAÇÃO FÍSICA

I ENCONTRO BORBENSE DE EDUCAÇÃO FÍSICA

I ENCONTRO BORBENSE DE EDUCAÇÃO FÍSICA

I ENCONTRO BORBENSE DE EDUCAÇÃO FÍSICA

I ENCONTRO BORBENSE DE EDUCAÇÃO FÍSICA

I ENCONTRO BORBENSE DE EDUCAÇÃO FÍSICA

I ENCONTRO BORBENSE DE EDUCAÇÃO FÍSICA



2.    CONTEÚDOS CONCEITUAIS:

·       Conhecer os elementos do movimento humano a partir de brincadeiras dirigidas com arcos;


3.    CONTEÚDOS PROCEDIMENTAIS:

·       Trabalhar os fundamentos da brincadeira com arco, tanto individual como coletivo;
·       Conduzir a criança a reconhecer suas aprendizagens individuais nos fundamentos da brincadeira com arco;
·       Incentivar a criança a refletir criticamente sobre o que significa ser parte integrante de um grupo, em atividade coletiva, e que postura deve ser adotava para melhor desempenho da atividade.