CONGRESSO FIEP 2015

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Construyendo conocimiento compartido en torno a la recreación.

Congreso Sudamericano - FIEP 2014.
18ª Jornada de Educación Física del Mercosur.
26 al 28 de Septiembre del 2014 La Rioja - Fiep Argentina
Profª Rosinha Costa
 
La concepción constructivista del aprendizaje y la enseñanza parte del hecho obvio de que al escuela hace accesible a sus alumnos aspectos de la cultura que son fundamentales para su desarrollo personal, y no sólo en el ámbito cognitivo; la educación es motor para el desarrollo globalmente entendido, lo que supone incluir también las capacidades de equilibrio personal, de inserción social, de relación interpersonal y motrices. Parte también de un consenso ya bastante asentado en relación al carácter activo del aprendizaje, lo que lleva a aceptar que éste es fruto de una construcción personal, pero en la que no interviene sólo el sujeto que aprende; los “otros” significativos, los agentes culturales, son piezas imprescindibles para esa construcción personal, para ese desarrollo al que hemos aludido”
Recreación y juegos recreativos
 Recreación y juegos recreativos
Recreación y juegos recreativos

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Fiep Concepción - Chile 2014

No te quedes fuera !!!
Invitamos a todos los estudiantes y profesionales del deporte y la salud a participar de este gran Congreso!!!
Valores especiales a delegaciones y estudiantes UDLA, alojamiento gratuito para los inscritos de otras ciudades!!!
envianos un correo a fiepconcepcion@gmail.com y recibiras toda la informacion!!!
 

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Hipertensão mal tratada pode causar insuficiência renal

Veja como pressão arterial elevada prejudica a saúde dos rins

 A relação entre a hipertensão arterial e a saúde dos rins é um binômio extremamente importante, pois a hipertensão arterial pode prejudicar a saúde dos rins ou os rins serem responsáveis pelo aumento da pressão arterial. Classicamente dizemos que os rins são vítimas da ou culpados pela hipertensão arterial.
 A pressão arterial nada mais é do que uma força física através da qual o sangue bombeado pelo coração ?caminha? por uma via (artérias) para levar os suprimentos necessários aos órgãos. Quando a pressão está aumentada (hipertensão arterial) a força que o coração precisa fazer para bombear o sangue é maior, pois a via (artérias) está menos complacente, isto é, as artérias oferecem maior resistência à passagem do sangue. Esta força maior que ?empurra? o sangue para frente resulta em lesões na parede das artérias, e essa lesão acomete todas as artérias, de calibre grande ou pequeno (arteríolas).
Isso vale para os rins também. Frente à elevação da pressão (hipertensão arterial) as artérias e arteríolas renais são acometidas, resultando em perda progressiva da função excretora do órgão. Em outras palavras, na medida em que os vasos renais são lesados, ocorrem alterações na capacidade de excretar o excedente de volume que deveria ser eliminado, bem como de algumas substâncias (produtos do metabolismo). Então, se os rins deixam de eliminar o volume excedente, este por sua vez, pode aumentar ainda mais a pressão arterial.
É importante frisar que o comprometimento renal causado pela hipertensão arterial ocorre de maneira lenta e insidiosa, portanto, não se acompanha de sintomas ou sinais indicativos de que algum problema renal está em curso.  Este é sem dúvida o principal problema da hipertensão.
Além disso, algumas populações de pacientes estão sob maior risco de evoluir para a doença renal crônica, e entre eles, além da hipertensão em si, estão os idosos, os obesos (IMC > 30 kg/m2) e diabéticos (tipo 1 e tipo 2).
Não espere o aparecimento de sintomas ou sinais que possam sugerir alterações nos rins, pois nesta circunstância possivelmente o dano renal já se instalou
Assim, a falta de controle da pressão arterial, do diabetes, dos níveis de colesterol e o tabagismo contribuem não apenas para a piora da saúde dos rins, mas também para uma evolução pior da doença renal crônica.
De que forma então poderíamos rastrear a função renal para saber se está ou não ocorrendo algum problema? Os exames iniciais utilizados para rastreamento da função renal são a dosagem da creatinina e o exame de urina tipo 1.
A creatinina é um produto da degradação das células musculares, produzida em uma taxa praticamente constante. Quando os rins estão funcionando normalmente, a creatinina é retirada do sangue e eliminada pela urina, no entanto, quando a função renal está diminuída, a creatinina não é excretada de forma adequada e seus níveis aumentam no sangue, indicando que há algum problema na função dos rins.
 Uma maneira de estimar a função renal é através do cálculo da taxa de filtração glomerular estimada (TFGe). Esta estimativa é feita a partir de fórmulas propostas pelas diretrizes internacionais em nefrologia. Assim, é considerado portador de doença renal crônica a pessoa que, independente da causa, apresente por pelo menos três meses consecutivos uma TFGe < 60ml/min/1,73m².
Outra forma de avaliar é pelo exame de urina tipo 1. Minimamente o exame nos dará indícios da perda de proteína (albumina) que também é um indicativo de alteração da função renal, pois normalmente não há perda de proteína (albumina) pela urina. Caso o exame mostre uma perda mais importante, podemos lançar mão de outros exames para investigar melhor a quantidade de proteína (albumina) perdida nas 24 horas e também avaliar os rins por meio de exames de imagem como a ultrassonografia. 
Em resumo, a hipertensão arterial pode lesar os rins, e consequentemente comprometer a saúde renal sem que tenhamos consciência desta situação, e desta forma, é importante a determinação da creatinina e a realização de um exame de urina em todos os hipertensos, pelo menos uma vez ao ano, para que se possa detectar e/ou acompanhar a evolução desta doença que, como dito muitas vezes, é silenciosa.
 Para prevenir a evolução da doença renal é fundamental o controle da pressão arterial. Assim, para hipertensos e/ou diabéticos sem indícios de doença renal a meta preconizada é abaixo de 140/90 mmHg e para pacientes diabéticos com albuminúria é abaixo ou igual a 130/80 mmHg.
Além disso, a adoção de medidas para modificação do estilo de vida como, evitar o sobrepeso ou obesidade, reduzir a quantidade de sal na dieta, ingerindo menos de 2g de sódio/dia (5 g/dia de sal de cozinha), abandonar o tabagismo, evitar alimentos gordurosos e ter atividade física regular, praticando 30 minutos/dia (150 min/semana) são medidas extremamente importantes.
 Como se pode ver, a saúde renal associada à hipertensão requer medidas simples de rastreamento, modificações no estilo de vida e tratamento contínuo da hipertensão para se atingir e manter o controle pressórico adequado. Não espere o aparecimento de sintomas ou sinais que possam sugerir esta alteração, pois nesta circunstância, possivelmente o dano renal já se instalou e a próxima medida será evitar que ele progrida. Ao nascermos temos um número já determinado de estruturas funcionais nos rins, que uma vez perdida não será recuperada.

Referências

Diretrizes Clínicas para o Cuidado ao Paciente com Doença Renal Crônica- DRC no Sistema Único de Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Especializada e Temática. ? Brasília: Ministério da Saúde, 2014. p.: 37 p
 

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Semana Move Brasil promove atividades físicas em todo país .

Teve início no domingo (21), a principal ação em âmbito nacional da campanha Move Brasil: a Semana Move Brasil 2014. São diversas atrações programadas pelas 26 instituições Movedoras em todo o país, para incentivar a prática regular de esportes e atividades físicas, além de possibilitar que as pessoas encontrem a modalidade com a qual mais se identificam.
Confira a programação completa aqui e participe!
 
O Move Brasil é uma campanha para promover a prática de esportes e atividades físicas e aumentar o número de brasileiros ativos até 2016. Criado em 2012, o Move é resultado da colaboração de instituições, empresas e pessoas, entre elas o CONFEF, e tem o intuito de ser um diferencial entre outras ações do gênero. Trata-se de uma iniciativa aberta a todos, de ação permanente, com engajamento simples e objetivo de formar uma rede de parceiros para difundir sua mensagem.
 

sábado, 20 de setembro de 2014

Projeto do Liceu Raimundo Cardoso premiado pelo Iphan valoriza a cultura e tradição de Icoaraci.

A Escola Municipal Liceu Mestre Raimundo Cardoso recebeu nesta sexta-feira, 19, placa de homenagem do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), pelas ações vencedoras da etapa estadual do PRÊMIO Rodrigo Melo Franco de 2013. A escola municipal concorreu ao PRÊMIO com o Projeto Ações Educativas: Sextas de Café com Memória do Liceu.
Diretora do Liceu Mestre Raimundo Cardoso Profa. Janice Lima.
A cerimônia de homenagem encerrou o ciclo de palestras realizado pelo Iphan, “Conversa Pai D’égua: falando sobre patrimônio” . O evento é composto por Mesa Redonda com palestras que apresentaram as ações selecionadas na etapa estadual do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade 2013.
“ A participação dos alunos da rede municipal é muito importante. São esses meninos que hoje estão aprendendo um pouco mais sobre patrimônios que futuramente poderão ser SERVIDORES públicos, restauradores ou pesquisadores que darão continuidade no trabalho de  salvaguardar o patrimônio histórico”, disse a técnica em educação do Iphan, Carla Cruz.
O Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade é uma homenagem ao primeiro presidente do Iphan e foi criado em 1987 em reconhecimento a ações de proteção, preservação e divulgação do patrimônio cultural brasileiro.

Professores e alunos da escola Liceu Mestre Raimundo Cardoso.
O Projeto Ações Educativas: Sextas de Café com Memória do Liceu realizado desde 2012 pela escola Liceu Mestre Raimundo Cardoso, em Icoaraci, tem por objetivos promover e fortalecer o diálogo entre as comunidades escolar e extraescolar, sobre questões relativas à educação e ao patrimônio cultural por meio de palestras, exposições de arte, arrastão cultural, apresentações culturais, saraus.
Esta ação contribui para  o conhecimento e envolvimento dos alunos com a cultura local. "Antes de entrar no projeto eu não sabia da importância que os patrimônios têm pra cidade. Mas agora, eu sei que eles fazem parte da nossa cultura e temos que preservar", disse o aluno do 9º ano da unidade, Max Marcelo.
A periodicidade dos “Sextas de café com memória” é bimestral e ocorre ao longo de toda uma sexta-feira, duas vezes por semestre. Nesses encontros, são apresentados os resultados parciais e finais dos projetos interdisciplinares.

“Este projeto possui um grande envolvimento dos alunos com a comunidade. Devido uma das temáticas abordadas seja a cerâmica do Paracurí,  patrimônio cultural da localidade da escola, a comunidade se identifica e participa de forma intensa. Isso motiva a continuidade do projeto, almejando novos frutos para a escola”, afirmou a diretora da escola, Janice Lima.
Em função do  “Sextas de café com memória”, a escola fechou parceria com o Museu Emílio Goeldi e está trabalhando em um novo projeto, "Calçada da Memória". que fala especificadamente da cerâmica do Paracurí.
Texto: Andreza Carvalho
Foto: Rosinha Costa
Secretaria Municipal de Educação (SEMEC)

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Jogos Cooperativos Terezianos - 2014.

“MINI‐ATLETISMO” marca o primeiro dia de jogos na E.M. Terezinha Souza.
Direção: Profa. Claudia Upton e coordenação do Prof. de Educação Física Itair Medeiros.
O objetivo do “MINI‐ATLETISMO DA IAAF” é despertar o interesse na prática do Atletismo. Novos eventos e organização inovadora darão condições às crianças descobrir as atividades básicas: velocidade, corridas de resistência, saltos, arremessos/lançamentos em qualquer lugar (estádio, playground, ginásio, em qualquer área disponível ao esporte etc.).
Os jogos de atletismo darão às crianças a oportunidade de obter o maior dos benefícios da prática do Atletismo, em termos de Saúde, Educação e Auto‐Satisfação, comentou o Prof Itair Medeiros.
Lançamento de dardo para crianças.

Arremesso de Peso.

Corrida com obstáculos - Corrida de velocidade e barreiras.
Salto em distancia - Saltos em agachamento para frente.
 Salto em altura.
 Salto triplo.
 Corrida com barreiras.
 Salto com vara.
 Salto com vara.
Salto com vara.
Fotos Rosinha Costa.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Cerimônia de abertura marca início dos Jogos Cooperativos Terezianos - 2014.

Com a participação de 09 equipes, começou na manhã de hoje (17) os Jogos Cooperativos da Escola Municipal Terezinha Souza, com o tema: JOGOS CIDADÃOS; REFORÇANDO A INTEGRAÇÃO ENTRE FAMÍLIA E ESCOLA. A cerimônia de abertura foi realizada no Ginásio de Esportes contou com a presença da comunidade local, da banda de música dos Bombeiros e das autoridades do Centro Integrado de Operações - CIOP.
A novidade dos Jogos este ano é que, pela primeira vez, alunos do Programa mais educação  e capoeira na escola participaram. “A gente quer com isso, criar uma identidade nova para os jogos, para que eles possam acontecer com essa intensidade que foi essa abertura hoje”, explicou o Prof. Itair Medeiros.
A Diretora da escola, Profa. Claudia Upton destacou que os Jogos são uma importante ferramenta de socialização para os alunos. “Eles são muito importante para todas as escolas, para os alunos, para eles se interagirem, conhecerem uns aos outros e aprenderam com as diferenças”, disse.
Ela também ressaltou que os Jogos são importantes também como ferramenta pedagógica. “Principalmente porque eles vão complementar o trabalho da escola na formação do cidadão, vão formar bons cidadãos. E esse, sem dúvida nenhuma, é o objetivo maior da escola e do esporte”.
 Cerimônia de abertura marca início dos Jogos Cooperativos Terezianos - 2014.
 Cerimônia de abertura marca início dos Jogos Cooperativos Terezianos - 2014.
 Cerimônia de abertura marca início dos Jogos Cooperativos Terezianos - 2014.
 Cerimônia de abertura marca início dos Jogos Cooperativos Terezianos - 2014.
 Cerimônia de abertura marca início dos Jogos Cooperativos Terezianos - 2014.
 Cerimônia de abertura marca início dos Jogos Cooperativos Terezianos - 2014.
  Jogos Cooperativos Terezianos - 2014.

terça-feira, 16 de setembro de 2014



7 alimentos que sabotam a dieta sem você perceber

Até mesmo as comidas consideradas "magras" pedem consumo moderado


POR ROBERTA LEMGRUBER 


A mudança dos hábitos alimentares é um dos fatores principais para ter sucesso na dieta. Exige que você consuma mais frutas e legumes, priorize alimentos mais nutritivos e faça escolhas mais saudáveis, reduzindo o consumo de açúcares e gorduras. Os resultados são compensadores. Bastam pequenos ajustes para sentir a diferença no corpo, para as roupas ficarem mais largas e você sentir mais disposição. O esforço costuma surtir efeito na maioria dos casos, mas quando o ponteiro da balança emperra, as pessoas se indagam sobre o que estão fazendo de errado. Você já pensou que a resposta para a estagnação pode estar na listinha de compras do REGIME
  • Granola- Foto Getty Images
  • Água com sabor - Foto Getty Images
  • Salada - Foto Getty Images
  • Açaí - Foto Getty Images
  • Comida japonesa - Foto Getty Images
  • Refrigerante - Fotto Getty Images
  • Barra de cereal - Foto Getty Images
DE 7
Granola- Foto Getty Images
1. Granola 


Este mix de cereais, frutas secas e castanhas leva fibras e vitaminas que dão saciedade e energia, mas também contém açúcar. Invista na versão diet/light da mistura. De acordo com a nutricionista Rosana Farah, 100 g de granola tem 421 calorias. Seguindo a tabela da DIETA DOS PONTOS, meia xícara (chá) apresenta quatro pontos. "O recomendado por dia é 25 gramas", diz a especialista. Prefira comer a granola no café da manhã para ganhar mais disposição e ainda ter um dia inteiro para gastar as calorias consumidas. 


Água com sabor - Foto Getty Images
2. Água de sabor 


Beber água para hidratar o corpo é essencial para a nossa sobrevivência e para a DIETA. A água nutre as células, desintoxica o organismo, faz os rins e intestino trabalhar melhor. O ideal é beber até 2 litros de líquidos por dia. É pensando nisso que muita gente acaba abusando das águas de sabor. De limão, morango e até mesmo de maçã-verde e lichia, elas contém aditivos, adoçantes e, às vezes, até açúcar. Não deve ser consumida em grande quantidade, no máximo, dois copos por dia. 

Salada - Foto Getty Images
3. Saladas perigosas 


A saladinha costuma ser uma opção leve e refrescante para os dias de verão, mas segundo a nutricionista Rosana Farah, aquelas temperadas com molhos prontos, azeite, queijos, azeitonas e croutons devem ser evitadas porque costumam carregar muitas calorias e gordurosas saturadas. Uma opção mais saudável é um prato de salada de folhas verdes, tomate, pepino e palmito, temperada com molho de iogurte desnatado e acompanhada de uma proteína mais leve, como o peito de frango ou peixe grelhado.  

Açaí - Foto Getty Images
4. Açaí 


A fruta da região amazônica faz sucesso, sobretudo entre praticantes de esportes que adoram se refrescar depois dos exercícios. Apesar de ser rico em nutrientes (principalmente: cálcio, ferro, vitamina B1), o principal problema do açaí é a quantidade de calorias do alimento, são 248 calorias em 100 gramas. Um copo de açaí tem 2 pontos e a tigela de açaí (com banana, granola e mel- 1 colher de sopa) tem 4 pontos. Os complementos na hora de consumi-lo também costumam tornar ainda mais calórica a fruta, dentre eles: granola, banana picada e leite condensado. "O ideal é consumir o açaí puro e, se for substituir o lanche da manhã ou da tarde por ele, coma uma tacinha pequena de 50 gramas", explica a nutricionista Rosana Farah.  

Comida japonesa - Foto Getty Images
5. Comida japonesa 




Um dos alimentos que as pessoas mais gostam da culinária japonesa é o sushi. Apesar de ser feito com alga, vegetais e frutos do mar, o alimento tem a base de arroz e, às vezes, recheios calóricos como o cream cheese. Sem contar as versões fritas. O sushi têm entre 20 e 45 calorias cada um, mas o problema é que come-se muitos de uma vez só. Uma unidade tanto de atum quanto de salmão apresenta 1 ponto. A recomendação da nutricionista é "No seu almoço ou jantar, limite o consumo até quatro unidades, assim você pode desfrutar do restante do cardápio oferecido no 
restaurante japonês", aponta Rosana.
  
Refrigerante - Fotto Getty Images
6. Refrigerante LIGHT ou zero 


Os refrigerantes desse tipo não possuem calorias, mas um outro elemento do refrigerante causa preocupação nos especialistas: o adoçante. A nutricionista Rosana Farah ainda alerta que quanto maior for o consumo de adoçantes, maior fica o desejo por doces. "Estudos apontam o efeito do adoçante nas papilas gustativas fazendo com que fiquem mais receptivas ao sabor doce", diz ela. 
Barra de cereal - Foto Getty Images
7. Barrinhas de cereais 


As barrinhas de cereais são ótimas opções para os lanches intermediários, mas contêm, em média, 100 calorias, portanto não devem ser ingeridas à vontade. As que possuem cobertura de chocolate costumam ser as com mais calorias (e pontos). No caso das barrinhas de cereais (dependendo da marca), a pontuação varia de 0 a 3 pontos.  

8 dicas para quem está se organizando para o Congresso FIEP 2015

Participe do Congresso Internacional de Educação Física - FIEPSeja este o seu primeiro congresso ou o décimo, algumas dicas sempre são bem-vindas para aqueles que estão se preparando para participar do Congresso Internacional de Educação Física – FIEP. Estas dicas surgiram com as experiências que nós trocamos com os participantes nestes 30 anos do evento, e servem para que você aproveite ainda mais a sua viagem.

#1 Planeje a sua viagem

Você virá sozinho, acompanhado ou em um grupo? Viajará de carro, de avião, de ônibus ou de bicicleta (como alguns congressistas já fizeram)? O planejamento da viagem é o primeiro ponto importante. Se você COMEÇAR a se organizar com antecedência poderá aproveitar para economizar, faça uma lista de tudo que precisa fazer e levar para a sua viagem.

#2 Faça sua inscrição

Fazer a inscrição com antecedência permite que você economize (pois os valores das inscrições variam conforme a data), e já retire um dos itens da sua lista de planejamento. Além disso, você estará garantindo a sua vaga.

#3 Reserve a sua hospedagem

Quanto antes, melhor. Nos últimos anos, tanto alguns dos hotéis, como o alojamento econômico, têm ficado sem vagas já em Novembro e Dezembro. Faça a reserva da sua vaga, assim estará garantindo um bom lugar para ficar. A dica é que você fique no Centro de Foz do Iguaçu, assim, não dependerá de transporte para os locais dos CURSOS.

#4 Prepare-se para o calor…

Foz do Iguaçu é uma cidade muito quente no verão, e durante o Congresso FIEP não costuma ser diferente. A temperatura chega facilmente aos 40ºC, dessa forma é importante se hidratar, utilizar ROUPAS leves e cuidar com o sol.

#5 Aproveite Foz do Iguaçu

A cidade de Foz do Iguaçu tem muitas opções de turismo, assim, além de todo o estudo nas atividades do Congresso, a dica é reservar alguns horários para visitar os pontos turísticos, como as CATARATAS do Iguaçu e a Usina de Itaipu.
Chegue um dia antes, parta um dia depois, e organize seus horários. Muitos congressistas aproveitam o primeiro dia do evento para pegar o material de manhã, visitar os pontos turísticos à tarde, e participar da abertura oficial à noite.

#6 Procure promoções de passagem

Lembra que a primeira dica era se planejar? Acesse hoje e já procure os valores das passagens, quem sabe consegue um preço especial ou uma promoção? Se não conseguir de primeira, continue procurando.

#7 E se você viesse em um grupo?

Participar do Congresso FIEP é legal, participar com um grupo de amigos é ainda mais. Que tal convidar alguns amigos para participarem do evento? Seja uma delegação da FACULDADEuma excursão organizada pelos divulgadores, ou apenas uma viagem de carro entre amigos, aproveite o evento para maximizar a experiência.

#8 Viva o Congresso FIEP

O Congresso FIEP não é apenas 5 dias de atividades em Foz do Iguaçu, mas sim uma experiência que você pode levar para toda a vida. Troque conhecimento, interaja nas redes sociais, faça contatos e amigos, participe de todas atrações, e viva esta experiência.
Planejar suas atividades é a melhor forma de aproveitar todo o evento, as informações sobre tudo o que acontece está no site oficial www.congressofiep.com