CONGRESSO FIEP 2015

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Atividades lúdicas.

Atividades lúdicas com balão.

E.M.Antonio de Carvalho Brasil.

Profª Liane Lago e Rosinha Costa.

Atividade lúdica é todo e qualquer movimento que tem como objetivo produzir prazer quando de sua execução, ou seja, divertir o praticante. A atividade lúdica também é conhecida como brincadeira. Sumariamente teríamos as seguintes características sobre elas: - são brinquedos ou brincadeiras menos consistentes e mais livres de regras ou normas; - são atividades que não visam a competição como objetivo principal, e mas a realização de uma tarefa de forma prazerosa; - existe sempre a presença de motivação para atingir os objetivos. Desde os filósofos gregos que se utiliza esse expediente para ajudar os aprendizes. As brincadeiras e jogos podem e devem ser utilizados como uma ferramenta importante de educação. Frequentemente, as atividades lúdicas também ajudam a memorizar fatos e favorecem em testes cognitivos.
Atividades lúdicas com balão.
Atividades lúdicas com balão.
Atividades lúdicas com balão.
Atividades lúdicas com balão.
Atividades lúdicas com balão.
Atividades lúdicas com balão.
Atividades lúdicas com balão.
Atividades lúdicas com balão.
Atividades lúdicas com balão.
Atividades lúdicas com balão.
Atividades lúdicas com balão.
Atividades lúdicas com balão.
Atividades lúdicas com balão.
Atividades lúdicas com balão.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Les presentamos el 6to Congreso Sudamericano de la actividad física, salud y la recreación.

LANZAMIENTO OFICIAL 6to Congreso Sudamericano de la Actividad Física, la Salud y la Recreación, del 23 al 26 de octubre, Santa Cruz será sede de este evento que cuenta con el respaldo de la FIEP. Un gran agradecimiento por haber sido considerado entre los relatores internacionales del Congreso, ire con bastante material para compartir experiencias en esa hermosa ciudad. Exito Adalid Bismark Dorado Andia, gran delegado Nacional De Fiep en Bolivia



domingo, 19 de outubro de 2014

“La Educación Física en el Jardín de Infantes“La Educación Física en el Jardín de Infantes; Educando al alumno digital del siglo XXI, un reto interesante”

Congreso Sudamericano FIEP – 2014,
18ª Jornada de Educación Física del Mercosur
 La Rioja Argentina
Disertante: Mtra. Benedicta Barrera Hernández.
Delegada FIEP Región 1 México
Septiembre 24 al 27 del 2014.

El nivel Preescolar representa el primer contacto que el alumno tiene con un espacio de educación formal y el primer escalón hacia una educación que se espera, sea de calidad. En la educación en general, el alumno es el centro del proceso educativo y el referente fundamental del aprendizaje, desde edades tempranas requiere que se generen los espacios para fortalecer y fomentar su disposición y capacidad de continuar aprendiendo a lo largo de su vida.
Profª Benne en La Cabañas/La Rioja.
Curso:"La Educación Física en el  Jardín de Infantes"
Aspectos a favorecer:

            1. LENGUAJE Y COMUNICACIÓN. La Educación Física propicia los espacios de relación y comunicación corporal, verbal y no verbal, que posibilitan el desarrollo de las competencias comunicativas y de relación; espacios de intercambio donde el canto, la rima, el juego, las rondas, el cuento motor, etc. fortalecen las capacidades del alumno en un ambiente lúdico,  a través de estrategias didácticas donde la expresión corporal en general, es un recurso que ejerce efectos importantes en el desarrollo, no sólo conceptual o motriz, sino emocional, que permite adquirir mayor confianza y seguridad en sí mismo e integrarse de mejor manera a los distintos ambientes sociales donde cada uno participa.
“La Educación Física en el  Jardín de Infantes"
“La Educación Física en el  Jardín de Infantes"
“La Educación Física en el  Jardín de Infantes"
“La Educación Física en el  Jardín de Infantes"
“La Educación Física en el  Jardín de Infantes"
“La Educación Física en el  Jardín de Infantes"
Fonte: Mtra. Benedicta Barrera Hernández.
Delegada FIEP Región 1 México.
Fotos: Rosinha Costa

sábado, 18 de outubro de 2014

Devotos homenageiam Nossa Senhora na Ciclo Romaria, em Belém.

 Devotos homenageiam Nossa Senhora na Ciclo Romaria, em Belém.
 Devotos homenageiam Nossa Senhora na Ciclo Romaria, em Belém.

Sétima romaria oficial do Círio de Nazaré percorreu 13 quilômetros.
Na tarde deste sábado, 18, ocorre a Romaria da Juventude.

Do G1 PA
Ciclo Romaria Círio de Nazaré (Foto: Reprodução/TV Liberal)
Ciclo Romaria reuniu milhares de fiéis
(Foto: Reprodução/TV Liberal)
Cerca de sete mil ciclistas prestaram homenagens a Nossa Senhora de Nazaré na manhã deste sábado (18), em Belém, durante mais uma edição da Ciclo Romaria. A sétima romaria oficial do Círio percorreu 13 quilômetros e passou por diversos bairros da capital, onde recebeu o carinho de centenas de fiéis.
O ciclista Paulo Maia conta por que participou da romaria. "Ah, eu vim para agradecer todas as bênçãos, as graças alcançadas e para homenagear Nossa Senhora". Já o servente Raimundo Jerônimo enfeitou vários barquinhos com nomes de familiares para também demonstrar o carinho pela padroeira dos paraenses e agradecer. "Foram dois meses de ornamentação. Tem um com o nome da minha filha, que quase perco no parto, também tem um com o nome do meu irmão", diz o devoto.
A passagem da imagem peregrina foi esperada na frente de paróquias e casas. A romaria, que está entre as mais recentes da programação do Círio de Nazaré, começou bem pequena, mas a cada ano agrega um maior número de fiéis. "Na primeira procissão, tinham 200 bicicletas. Criamos a romaria pelo grande número de bicicletas que sempre participaram da Romaria Rodoviária e do Traslado. Ao longo do percurso, muitas bicicletas vão se unindo a nós para prestar suas homenagens", declarou o diretor de procissões Kleber Vieira.
História
Criada em 2004, a pedido da Federação dos Ciclistas do Estado do Pará e a Associação dos Ciclistas de Icoaraci, a Ciclo Romaria é uma das mais novas procissões e tem atraído um número cada vez maior de devotos que rendem venerações a Maria Santíssima, ao longo dos anos.

Percurso
Saída da Praça Santuário, seguindo pelas avenidas Magalhães Barata, José Bonifacio, José Malcher, 09 de Janeiro, Antonio Barreto, Doca de Souza Franco, Domingos Marreiros, Alcindo Cacela, José Malcher, Dr. Moraes, Braz de Aguiar, Serzedelo Correa, Gentil Bittencourt, 3 de Maio, Conselheiro Furtado, Generalíssimo Deodoro, Rua dos Caripunas, Quintino Bocaiúva, e retorno na Av. Nazaré, rumo à Praça Santuário.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Lanzamiento de pelota con el miembro superior dominante.

Actividades Recreativas na escuela MEU PEDACINHO DO CÉU.
Profª: Rosinha Costa
El lanzamiento de pelota es una de las destrezas motoras fundamentales que se enseña en las escuelas. Este trabajo consiste en analizar el desempeño de niños y niñas de educación preescolar y primaria en el lanzamiento de una pelota por encima de la cabeza lo más largo posible con el miembro superior dominante. Los alumnos realizaron un lanzamiento de prueba para ajustar las premisas que se les pedía y que el lanzamiento se ejecutara de la forma adecuada.

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Juegos tradicionales al aire libre.

Jugar Juegos tradicionales al aire libre con los niños es una gran manera de divertirse juntos como grupo y también de hacer ejercicio. Las actividades recreativas al aire libre incluyen juegos desde deportes populares como el béisbol, baloncesto, fútbol y voleibol hasta actividades creativas como la lleva, las escondidas o policías y ladrones. Juega a hacer pases con un balón o al frisbee, o ve a nadar y juega al "Marco Polo" en la piscina o en una playa cercana. Crea actividades de carreras al aire libre o haz una carrera de sacos si tienes un grupo de niños.

Juego  del  Elástico

Como jugar a la Goma. La Goma de Saltar es un juego tradicional a continuación explicaremos como se juega:
NÚMERO DE PARTICIPANTES: Mínimo tres personas.
DÓNDE SE JUEGA: En el exterior.
MATERIALES: Una goma de unos ocho metros de longitud y un centímetro de ancho anudada.
REGLAS DEL JUEGO:
Para jugar a La Goma la cual puede ir acompañado tanto con música como sin música, se agrupan a los niño/as en grupos de 5 ó 6. Habrá dos niños a los que les tocará sujetar la goma primero entre los tobillos, separando las piernas unos cm.  Los demás participantes irán saltando por turno, y a medida que avanza el juego se va incrementando la dificultad, después a la altura de las rodillas, la cintura, cuello y por último, se sujeta con las manos extendidas sobre la cabeza. Cuando la goma está muy alta, se pueden permitir saltos con ayuda: con los brazos, haciendo el pino, etc. El niño que no consiga saltar y pisar la goma pierde y le tocará sujetar la goma.
Fonte:http://www.manualidadesinfantiles.org/
Foto: Rosinha Costa

Projeto Memória da Literatura do Pará.

 Sistema Municipal de Bibliotecas Escolares
Coordenação: Profª Georgette Mesquita.
Projeto da Semec valoriza literatura paraense nas escolas.

Paulo Nunes (Paulo Jorge Martins Nunes) nasceu em Santa Maria de Belém do Grão-Pará em 18 de julho de 1964. Levou a sério o nome que lhe escolheram seus pais: Paulo, “pequeno”, Jorge, “agricultor”, daí o “pequeno agricultor”, expressão que usa como metáfora de suas ocupações com as palavras: ora em estado de saberes e sabenças (é professor), ora em estado de encantamento (poeta).


Pesquisador da Universidade da Amazônia, ocupa-se de “Literatura Brasileira de Expressão Amazônica” e de “Literatura e Negritude”. Defendeu dissertação (UFPA) e tese (PUC Minas), ambas sobre o romancista Dalcídio Jurandir. Escreve para diversos sítios e revistas literárias e acadêmicas do Brasil. Autor da trilogia de poemas infanto-juvenis sobre Belém: Banho de Chuva (6 edições), O Mosquito qu’Engoliu o Boi (2 edições) e Baú de Bem Querer, entre outros. É autor também de Ou: poemas não são Linguagens, 2007. Participou, na década de 90 (séc. XX), do projeto “O Escritor na Cidade” da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro.
 Projeto Memória da Literatura do Pará.
Homenageado: Escritor Paraense Paulo Nunes.
  Projeto Memória da Literatura do Pará.
Homenageado: Escritor Paraense Paulo Nunes.
  Projeto Memória da Literatura do Pará.
Homenageado: Escritor Paraense Paulo Nunes.
 Projeto Memória da Literatura do Pará.
Homenageado: Escritor Paraense Paulo Nunes.
 Projeto Memória da Literatura do Pará.
Homenageado: Escritor Paraense Paulo Nunes.
 Projeto Memória da Literatura do Pará.
Homenageado: Escritor Paraense Paulo Nunes.
 Projeto Memória da Literatura do Pará.
Homenageado: Escritor Paraense Paulo Nunes.
Projeto Memória da Literatura do Pará.
Homenageado: Escritor Paraense Paulo Nunes.



LIVROS PUBLICADOS


PROSA - Contos: “Água de Moringa” (2005); “Fios de Meada” (bilíngue, português e francês, 2008).Infanto juvenis: “Banho de Chuva”(5 ed., 2010); “O Mosquito qu’engoliu o boi” (2 ed., 2005, livro selecionado para o Salão de livro Infanto-Juvenil de Saint-Dennis-Senne, Canadá); “Baú de bem-querer”(2006, indicado ao Jabuti de 2006 como melhor ilustração).


POESIA -  “Ou: poemas não são linguagens” (2007).
Fonte: SISMUBE
Fotos: Rosinha Costa.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Professores recebem homenagem com festa no DIED/SEMEC.

Mensagem de obrigado ao professor

Obrigado por fazerem do aprendizado não um trabalho, mas um contentamento. Por fazerem com que nos sentíssemos pessoas de valor. Por nos ajudarem a descobrir o que fazer de melhor e, assim, fazê-lo cada vez melhor.

Obrigado por afastarem o medo das coisas que pudéssemos não compreender, levando-nos, por fim, a compreendê-las… Por resolverem o que achávamos complicados… Por serem pessoas dignas de nossa total confiança e a quem podemos recorrer quando a vida se mostrar difícil… Obrigado por nos convencerem de que éramos melhores do que suspeitávamos.
Feliz Dia dos Professores!
 Professores recebem homenagem com festa no DIED/SEMEC.
 Professores recebem homenagem com festa no DIED/SEMEC.
 Professores recebem homenagem com festa no DIED/SEMEC.
 Professores recebem homenagem com festa no DIED/SEMEC.
 Professores recebem homenagem com festa no DIED/SEMEC.
 Professores recebem homenagem com festa no DIED/SEMEC.
Professores recebem homenagem com festa no DIED/SEMEC.

Lançamento do livro de Celeida Tostes.

 Lançamento do livro de Celeida Tostes no Liceu Mestre Raimundo.
 Lançamento do livro de Celeida Tostes no Liceu Mestre Raimundo.
Lançamento do livro de Celeida Tostes no Liceu Mestre Raimundo.
 Lançamento do livro de Celeida Tostes no Liceu Mestre Raimundo.
 Lançamento do livro de Celeida Tostes no Liceu Mestre Raimundo.
 Lançamento do livro de Celeida Tostes no Liceu Mestre Raimundo.
Foi lançado em Belém, o livro Celeida Tostes. Obra de referência, organizada pelo curador e crítico de arte Marcus de Lontra Costa e pela jornalista Raquel Silva com a consultoria do artista Luiz Aquila. É a primeira publicação sobre a artista, uma das mais produtivas dos anos 80, professora da EAV Parque Lage e da Escola de Belas Artes da UFRJ, marcou profundamente seus alunos e colegas e inspirou a geração de artistas que veio a público em meados da década de 1980, chamada Geração 80.
Projeto contemplado com Prêmio Procultura de Estímulo às Artes Visuais 2010 da Funarte, o livro Celeida Tostes apresenta um apanhado completo da trajetória da artista e sua produção. A edição de 360 páginas, três mil exemplares, papel couché matt e capa dura, é bilingue e foi distribuida gratuitamente para os artesãos de Icoaraci, alunos, professores, oficineiros e outros funcionários do Liceu, além de convidados externos. O livro foi doado também para a biblioteca da escola e todos os convidados receberam o livro e participaram da entusiasmante palestra de Marcus Lontra, Raquel Silva e Isabel Ferreira, marcando mais um momento significativo de construção do conhecimento com a arte no Liceu Escola Mestre Raimundo Cardoso.
Fonte: Janice Lima