10º Encontro Interdisciplinar Piauiense

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Professores de Educação Física Sem Fronteiras da FIEP do Brasil - G2/Ji-Paraná

A Federação Internacional de Educação Física (FIEP), em parceria com o Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná (CEULJI/ULBRA) e Prefeitura Municipal de Ji-Paraná, realizou nos dias 22 e 23 de abril, o Intercambio dos Professores de Educação Física sem Fronteiras da FIEP – G2. Durante o encontro foram ofertados cinco minicursos para profissionais e alunos de Educação Física.

O evento iniciou com os cursos no dia 22 de abril, nos períodos da manhã e tarde. No turno da noite foi realizada a abertura oficial, às 19h, no auditório A do CEULJI. A solenidade contou com a presença de diversas autoridades, acadêmicos de Educação Física, professores e do Reitor do CEULJI, professor Valmir Miguel de Souza.

A FIEP é reconhecida por várias Organizações no Mundo, como a UNESCO. É membro do Conselho Internacional de Educação Física e Ciência do Esporte (ICSSPE-CIEPSS); e do Comitê Diretor da AIESEP. Também é reconhecida pelo COI - Comitê Olímpico Internacional.

Além de promover o intercâmbio entre profissionais, o evento também ajuda a ampliar os horizontes dos acadêmicos e trabalhar pela valorização da Educação Física levando aos cidadãos o entendimento de seus direitos quando o assunto for Exercícios Físicos, Esportivos e de Recreação e Lazer. Todos os minicursos foram  realizados nas dependências do CEULJI/ULBRA

Professores de Educação Física Sem Fronteiras da FIEP do Brasil - G2/Ji-Paraná
Professores de Educação Física Sem Fronteiras da FIEP do Brasil - G2/Ji-Paraná
Professores de Educação Física Sem Fronteiras da FIEP do Brasil - G2/Ji-Paraná

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Professores de Educação Física Sem Fronteiras da FIEP do Brasil - G2

Professores sem fronteiras em atividades na UNOPAR em Cacoal/Rondonia.
O grupo dos Profissionais de Educação Física do Brasil, através dos PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA SEM FRONTEIRA – FIEP, em todas as cidades por onde passam realizam através de Cursos, Congresso, Seminário ou Encontro de Educação Física, para acadêmicos, profissionais e demais pessoas que atuam com educação física, curós de atualização e aperfeiçoamento totalmente gratuitos.

Prof. Divanalmi Maia.
Curso de Neuropedagogia Aplicada ao Desporto.
Prof. Divanalmi Maia.
Prof. Divanalmi Maia.
Prof. Divanalmi Maia.
Prof. Divanalmi Maia.
Professora Leonor Palha
Curso de Educação Física Escolar.
Professora Leonor Palha de Araujo.
Professora Leonor Palha de Araujo.
Professora Leonor Palha de Araujo.
Professora Leonor Palha de Araujo.
Professora Marilane Santos
Curso de Psicomotricidade
Professora Marilane Santos
Professora Marilane Santos

terça-feira, 21 de abril de 2015

Professores de Educação Física Sem Fronteiras da FIEP do Brasil - G2

Os Professores de Educação Física Sem Fronteiras da FIEP do Brasil G2, recepcionados pela FIEP  Rondônia, com a coordenação do Delegado Regional Prof. Bernardino Neto, do coordenador do curso de educação física do Instituto Luterano de Ensino Superior de Porto Velho ILES/ULBRA prof. Felipe Maia e da professora Tais Lourenço.
 
 Professores de Educação Física Sem Fronteiras da FIEP do Brasil - G2
 Professores de Educação Física Sem Fronteiras da FIEP do Brasil - G2
 Professores de Educação Física Sem Fronteiras da FIEP do Brasil - G2
 Professores de Educação Física Sem Fronteiras da FIEP do Brasil - G2
 Professores de Educação Física Sem Fronteiras da FIEP do Brasil - G2
 Professores de Educação Física Sem Fronteiras da FIEP do Brasil - G2
 Professores de Educação Física Sem Fronteiras da FIEP do Brasil - G2

domingo, 19 de abril de 2015

Projeto: Intercâmbio dos Professores de Educação Física Sem Fronteiras da FIEP – Brasil – G2

Dia do Índio

História do Dia do Índio

Comemoramos todos os anos, no dia 19 de Abril, o Dia do Índio. Esta data comemorativa foi criada em 1943 pelo presidente Getúlio Vargas, através do decreto lei número 5.540. Mas porque foi escolhido o 19 de abril?

Origem da data 

Para entendermos a data, devemos voltar para 1940. Neste ano, foi realizado no México, o Primeiro Congresso Indigenista Interamericano. Além de contar com a participação de diversas autoridades governamentais dos países da América, vários líderes indígenas deste continente foram convidados para participarem das reuniões e decisões. Porém, os índios não compareceram nos primeiros dias do evento, pois estavam preocupados e temerosos. Este comportamento era compreensível, pois os índios há séculos estavam sendo perseguidos, agredidos e dizimados pelos “homens brancos”.

No entanto, após algumas reuniões e reflexões, diversos líderes indígenas resolveram participar, após entenderem a importância daquele momento histórico. Esta participação ocorreu no dia 19 de abril, que depois foi escolhido, no continente americano, como o Dia do Índio.

Comemorações e importância da data 

Neste dia do ano ocorrem vários eventos dedicados à valorização da cultura indígena. Nas escolas, os alunos costumam fazer pesquisas sobre a cultura indígena, os museus fazem exposições e os minicípios organizam festas comemorativas. Deve ser também um dia de reflexão sobre a importância da preservação dos povos indígenas, da manutenção de suas terras e respeito às suas manifestações culturais. 

Devemos lembrar também, que os índios já habitavam nosso país quando os portugueses aqui chegaram em 1500. Desde esta data, o que vimos foi o desrespeito e a diminuição das populações indígenas. Este processo ainda ocorre, pois com a mineração e a exploração dos recursos naturais, muitos povos indígenas estão perdendo suas terras.

Projeto: Intercâmbio dos Professores de Educação Física Sem Fronteiras da FIEP – Brasil – G2

Região Norte do Brasil / Abril 2015

Porto Velho, Cacoal, Ji Paraná em Rondônia e Humaitá no Amazonas
Data: 19 a 26 de Abril de 2015
Coordenadoras: - Profª Leonor Maria e Silva Palha Dias de Araújo
Delegada Regional da FIEP no Piauí

- Profª Rosa Maria Alves da Costa
Delegada Regional da FIEP no Pará
 City tour na cidade de Porto Velho. 
Porto Velho é um município brasileiro e capital do estado de Rondônia. Situada na margem à leste do Rio Madeira, na Região Norte do Brasil. Foi fundada pela empresa americana Madeira Mamoré Railway Company em 4 de julho de 1907, durante a construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, comandada pelo magnata norte-americano Percival Farquhar. Em 2 de outubro de 1914 foi legalmente criada como um município do Amazonas, transformando-se em capital do estado de Rondônia em 1943
No hall do hotel Rondon Palace.
 Passeio sobre o Rio Madeira
 Centro administrativo do Estado.
 As Três Caixas D'Água, um dos mais importantes pontos turísticos de Porto Velho.
 Casa da Cultura de Porto Velho
 Passeio sobre o Rio Madeira.

Passeio sobre o Rio Madeira.

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Projeto "Maravilhoso Mundo da Leitura e Imaginação".

Na manhã de hoje, 17, aconteceu a culminância do projeto de leitura da Escola Rita Nery, com o tema "O Maravilhoso Mundo da Leitura e Imaginação", onde os alunos do jardim I e II fizeram apresentação teatral sobre o Sítio do Pica-Pau Amarelo. O segundo momento aconteceu a apresentação do jornal mural de O LIBERAL na Escola confeccionado pelas crianças.
 Projeto "Maravilhoso Mundo da Leitura e Imaginação".
 Projeto "Maravilhoso Mundo da Leitura e Imaginação".
 Projeto "Maravilhoso Mundo da Leitura e Imaginação".
 Projeto "Maravilhoso Mundo da Leitura e Imaginação".
 Projeto "Maravilhoso Mundo da Leitura e Imaginação".
 Projeto "Maravilhoso Mundo da Leitura e Imaginação".

Fonte: Bethânia Nascimento
Fotos: Rosinha Costa

Relançamento do Baú da leitura da UP Carmelândia.

O projeto baú da leitura tem por objetivo despertar e incentivar o gosto pela leitura, visando o envolvimento de educadores, educandos, pais e funcionários da unidade escolar, bem como a comunidade em geral, para desenvolver ações que estimule o prazer pela prática da leitura. 
Pretende-se ainda, conscientiza-los da importância da leitura no processo de autoconstrução do conhecimento, no aprimoramento da fala, da escrita e da interpretação. Desta forma, leva-los a descobrir o encantamento e a magia que a mesma proporciona.
 Relançamento do Baú da leitura da UP Carmelândia.
 Relançamento do Baú da leitura da UP Carmelândia.
  Relançamento do Baú da leitura da UP Carmelândia.
 Relançamento do Baú da leitura da UP Carmelândia.
 Relançamento do Baú da leitura da UP Carmelândia.
 Relançamento do Baú da leitura da UP Carmelândia.
Fonte: UP Carmelandia
Fotos: Catia-DIED

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Uma viagem de cultura e saber: Conhecendo os grandes nomes da Literatura Brasileira e Universal.

PROJETO MEMÓRIA DA LITERATURA - ESCRITORES NACIONAIS E UNIVERSAIS do Sistema Municipal de Bibliotecas Escolaresprojeto voltado ao aprimoramento dos estudantes em diversas áreas do conhecimento. Nesta quinta-feira, 16, foi realizado a culminância na Escola Municipal Rotary, com objetivo de resgatar e valorizar obras de autores Nacionais e Universais e incentivar a leitura na escola. Com o projeto, os alunos participam de pesquisas, montam peças teatrais e recitam poemas. Este ano, os escritores homenageados foram: Ziraldo, Tatiana Belink, Ana Maria Machado e Saint Exupéry.

 Uma viagem de cultura e saber: Conhecendo os grandes nomes da Literatura Brasileira e Universal.
 Uma viagem de cultura e saber: Conhecendo os grandes nomes da Literatura Brasileira e Universal.
 Uma viagem de cultura e saber: Conhecendo os grandes nomes da Literatura Brasileira e Universal.
 Uma viagem de cultura e saber: Conhecendo os grandes nomes da Literatura Brasileira e Universal.
 Uma viagem de cultura e saber: Conhecendo os grandes nomes da Literatura Brasileira e Universal.
 Uma viagem de cultura e saber: Conhecendo os grandes nomes da Literatura Brasileira e Universal.
Fonte: SISMUBE
Fotos: Rosinha Costa