topfiep

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

FELIZ AÑO NUEVO!

Que este Año Nuevo te permita dilucidar lo mejor para tu vida y la de los tuyos, valorando siempre a los que más te quieren, pues sin ellos nada sería igual!. Éxitos y bendiciones para este Nuevo Año!

FELIZ 2016!!!!

Que no Ano que vai chegar, todos os seus sonhos se realizem!
Foto: Mariza Araujo.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

PRÊMIO TOP FIEP DE EDUCAÇÃO FÍSICA,

 PRÊMIO TOP FIEP DE EDUCAÇÃO FÍSICA, E HOJE É DIA DE VOTAÇÃO, E VC JÁ PODE VOTAR NOVAMENTE. ACESSE O SITE: Precisamos do seu voto. Link http://www.congressofiep.com/top-fiep/votar/ Você pode votar uma vez por semana.
http://www.congressofiep.com/

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

FELIZ NATAL!!!!

Abra seu coração...sonhe... deseje... ame..
sorria... fique feliz.. volte a ser criança...
Desejo a você que está aqui um Natal cheio de paz, amor e felicidade. Que Papai Noel leve pra você aquilo que você mais deseja, que seus sonhos se realizem... que você seja capaz de continuar a sonhar... e continue aqui por muito... muito tempo!!! 


domingo, 13 de dezembro de 2015

Formatura do Jardim II na Escola Rita Nery.

"Escolinha... Nossa base para a vida. Em nossa história, não ficará esquecida!".

Diretora Letícia França.
 Formatura do Jardim II na Escola Rita Nery. 
 Formatura do Jardim II na Escola Rita Nery. 
 Formatura do Jardim II na Escola Rita Nery. 
Formatura do Jardim II na Escola Rita Nery. 
Formatura do Jardim II na Escola Rita Nery. 

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

XXXIII JOGOS AVERTANIANOS

Na manhã desta sexta-feira (11/12), aconteceu a abertura dos XXXIII Jogos Internos Avertanianos. Seguindo a tradição na abertura dos Jogos , a manhã foi marcada por belíssimas apresentações de danças, entrada das delegações, execução do Hino Nacional Brasileiro, juramento dos atletas e entrada do fogo olímpico, provocando o entusiasmo em todos os presentes, que puderam apreciar um verdadeiro show. É importante ressaltar a grande contribuição do esporte no desenvolvimento sócio-educativo-cultural dos alunos, tornando-se imprescindível à fundamentação pedagógica que a E.M. Avertano Rocha promove de forma eficaz para essas atividades.
 Grupo de Ginástica da Escola Antonio de Carvalho Brasil.
 Solenidade de abertura dos XXXIII Jogos Internos Avertanianos.
  Solenidade de abertura dos XXXIII Jogos Internos Avertanianos.
 Coral Inter-Redes Nazaré Pereira.
 Grupo Cultural da melhor idade " Estrela do Mar".

Professora de Educação Física Marilene e Ana Célia diretora da escola Avertano Rocha.
Fonte: E.M. Avertano Rocha
Fotos: Rosinha Costa

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

JOSBEL 2015

SEMEC campeã na Queimada.


Como brincar
Formar dois grupos com o mesmo número de integrantes. Caso sobre alguém, o time com a pessoa a menos ganha uma vida. O objetivo da queimada é lançar a bola e "queimar" (atingir) um integrante do outro time. Para isso, é preciso que a bola o atinja direto e caia no chão depois de tocá-lo. O participante queimado vai para o morto, ou cemitério, espaço atrás do campo oponente. A morte, porém, não significa a saída do jogo. Os vivos podem lançar a bola sobre a área adversária para que os mortos a arremessem. Se um morto consegue queimar alguém, ele ressucita. Vence quem mandar todos os adversários para o cemitério. 
Histórico
Quando era criança, o professor Gilmar Leite, criado em Guarajá-Mirim - município fronteiriço à Bolívia, a 333 quilômetros de Porto Velho - usava uma bola feita, à base do látex extraído dos seringais. Para não machucar, nas versão ensinada às crianças da capital, usa-se uma de borracha industrial, mais macia.
Fonte:
http://revistaescola.abril.com.br/

domingo, 6 de dezembro de 2015

IV Jogos Escolares Municipais.

A importância da prática do futsal na Educação Física escolar
O futsal é um esporte mundialmente famoso. Segundo Baseggio (2011) acredita-se que surgiu das peladas de várzea que começaram a ser adaptadas às quadras de basquete e pequenos salões na década de 30 no Uruguai. No Brasil foi introduzida através da Associação Cristã de Moços (A.C.M.), em São Paulo entre os anos de 1948/49, a dedicação foi tanta que logo conseguiu o reconhecimento popular e tornou-se um esporte oficial. Nas décadas de 60 e 70, o Futsal começou a ser regulamentado e ganhar o continente. Por fim, criou-se então a Federação Internacional de Futebol de Salão (FIFUSA), no Rio de Janeiro, hoje funcionando dentro da Federação Internacional de Futebol (FIFA).
    Infelizmente, em alguns lugares, não apenas o futsal, mas diversos esportes são vistos e tratados apenas com a função de alcançar a técnica perfeita, buscando o desempenho. Entretanto, a prática esportiva principalmente para as crianças vai além dessa visão.
 IV Jogos Escolares Municipais.
 IV Jogos Escolares Municipais.
 IV Jogos Escolares Municipais.
 IV Jogos Escolares Municipais.


Fotos: Rosinha Costa

sábado, 5 de dezembro de 2015

Jogos escolares municipais reúnem quase 3 mil atletas.

O jovem atleta Johny Lucas Nascimento da Silva, de 15 anos, já está acostumado a superar desafios que podem ir além de limitações físicas. Acender a tocha olímpica na abertura dos IV Jogos Escolares Municipais foi mais um deles, vencido com a garra e a determinação que ele vem mostrando nas competições de atletismo para alunos especiais. A solenidade foi realizada neste sábado,05, na pista de atletismo do Curso de Educação Física (CEDF), da Universidade do Estado do Pará (Uepa).
 Jogos escolares municipais
 Jogos escolares municipais
 Jogos escolares municipais
 Jogos escolares municipais
Jonhy faz parte do projeto Portas Abertas, que estimula a inclusão de crianças e adolescentes com deficiência nas aulas de Educação Física, desenvolvido na escola municipal Professora Terezinha de Souza. O professor do jovem, Itair Santos, ressalta que os jogos também são uma oportunidade de inclusão. “Na nossa escola, e nas demais escolas municipais, as aulas de Educação Física favorecem a participação dos alunos com deficiência na realização das práticas esportivas e os jogos são mais um incentivo à prática do esporte”, afirma o professor .
A escola Terezinha de Souza é uma das 39 que vão competir durante os três dias da quarta edição dos jogos. Ao todo, são 2.982 alunos inscritos em diversas modalidades como futsal, futebol, atletismo, basquete, queimada e tênis de mesa. Os atletas da rede municipal de ensino foram distribuídos em seis categorias, na faixa etária de seis anos até acima de 17 anos.
As competições serão realizadas nas novas quadras poliesportivas das escolas municipais Alzira Pernambuco, Walter Leite, Antonio Carvalho Brasil, Avertano Rocha, Lauro Chaves, Donatila Lopes, Ana Barreau, Palmira Lins, Abel Martins e Liceu Escola Raimundo Cardoso.  Atualmente, quase 90% das escolas estão com as quadras reformadas e receberam cobertura, adequações de acessibilidade e equipamentos de segurança.
De acordo com a secretária municipal de Educação, Rosinéli Salame, os jogos têm o objetivo de contribuir para a formação cidadã de crianças e jovens e fomentar a participação em práticas e competições esportivas. “Esse momento é a culminância de todo o trabalho desenvolvido ao longo do ano pelos professores e é muito importante para os alunos, por resgatar a autoestima e a valorização da escola. A realização de mais essa edição dos jogos mostra que a prefeitura se preocupa em dar apoio e em estimular todas as formas de educação”, destaca a titular da Semec.
A pequena Eduarda Gabriele Ferreira Dias, de 10 anos, participou da solenidade de abertura dos IV Jogos fazendo o juramento em nome de todos os atletas. Ela também foi homenageada, junto com as colegas que integram o projeto Centro de Excelência Caixa Jovem Promessa de Ginástica, por terem se destacado na Copa Conjunto de Ginástica Rítmica e II Etapa do Campeonato e Torneio Paraense de Ginástica Rítmica. O projeto é realizado na Escola Municipal Antonio Carvalho Brasil, localizada no bairro da Condor e é fruto da parceria da Prefeitura de Belém com a Caixa Econômica Federal e a Federação Paraense de Ginástica.  “Os jogos escolares são importantes para aprendermos e conhecermos outras modalidades de esportes e incentivar nossa formação como atletas”, acredita Eduarda Dias.  
O evento contou com a presença de pais, familiares e demais alunos da rede de ensino, além de professores e diretores da Semec. O encerramento ficou por conta da animada apresentação da Banda de Fanfarra Avertano Rocha, da escola que leva o mesmo nome da banda, localizada no distrito de Icoaraci.
Texto: Jaqueline Ferreira
Foto: Neldson Neves 

Sistema Municipal de Bibliotecas Escolares - SISMUBE.


terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Mostra de Saberes da Semec socializa experiências pedagógicas e culturais desenvolvidas pela comunidade escolar na rede municipal.

Compartilhar conhecimentos. É o que a comunidade escolar e a sociedade buscam durante a XIII Mostra de Saberes da Secretaria Municipal de Educação, promovida pela Prefeitura de Belém. O evento teve início na manhã desta terça-feira, 01, no Teatro Maria Sylvia Nunes, na Estação das Docas. O encontro é aberto ao público e segue até próxima quinta-feira, 03.
 Mostra de Saberes da Semec
 Mostra de Saberes da Semec
 Mostra de Saberes da Semec
 Mostra de Saberes da Semec
 Mostra de Saberes da Semec
 Mostra de Saberes da Semec
 Mostra de Saberes da Semec
Mostra de Saberes da Semec
A Mostra tem como objetivo socializar as experiências pedagógicas e culturais desenvolvidas pela comunidade escolar nos espaços da rede municipal de ensino, e este ano trouxe o tema “Belém, minha terra, meu rio, meu chão”, em homenagem aos 400 anos da cidade.
“Este é o momento dos alunos demonstrarem tudo que aprenderam durante o ano. Mostrar todos os saberes que os professores levaram para eles e agora compartilhar com os demais”, pontuou a secretária municipal de Educação, Rosinéli Salame.
A cerimônia de abertura contou com apresentações culturais de alunos da rede e com uma conferência magna proferida pela Doutora Violeta Refkalefsky Loureiro, abordando “A Constituição do Espaço Urbano de Belém: 400 anos de história”.
Além da realização de palestras e mesas redondas durante os três dias de evento, mais de 220 trabalhos serão apresentados por meio de exposição divididos em três categorias: estandes, pôsteres e comunicação oral. As produções abordam temáticas como linguagens, letramento, gestão escolar, promoção da leitura, patrimônio e memória, entre outros. 
O professor João Carlos da Costa, da Escola Municipal João Nelson Ribeiro, apresenta com seus alunos o trabalho intitulado Belém 400 anos: cemitério de Santa Izabel e arte tumular. “Queremos mostrar para as pessoas que quando falamos de patrimônio não estamos limitados aos casarões da Cidade Velha e às igrejas. Podemos estudar a história e o patrimônio de nossa cidade também nos cemitérios”, explicou.
“As pessoas acham estranho estarmos falando de cemitério, mas essa é a nossa história, a da nossa cidade. É muito bom poder explicar isso para os visitantes”, ressaltou a aluna do 7º ano, Tássila Oliveira, feliz e orgulhosa por estar apresentando o seu trabalho.
A XIII Mostra dos Saberes da Semec oferece também uma extensa programação cultural, com apresentações de dança, música e teatro, todas desenvolvidas por alunos e professores da rede municipal.
Entre os diversos trabalhos expostos está o da Escola Municipal Angelus Nascimento, localizada em Mosqueiro, que aborda a inclusão da diversidade étnico-cultural. “Achamos importante abordar esse tema, uma vez que nossa escola está localizada em uma comunidade Quilombola. É muito bom estarmos compartilhando essa nossa experiência com outras pessoas”, disse a diretora da unidade, Gleyde Kelli Ramos.
Concurso de Redação
Durante a cerimônia de abertura da XIII Mostra dos Saberes, foi realizada a premiação dos vencedores do I Concurso de Redação da Semec.
O concurso abordou o tema “Belém, patrimônio nosso” e foi dividido em oito categorias, tendo como ganhadores Maria Clara Ribeiro Baltazar, da Escola Alana de Souza Barboza, na categoria Educação Infantil; Glauber da Conceição Leão Filho, da Escola Ruy Britto, categoria Ensino Fundamental, Ciclo I; Ádria Manuelly de Lima Teixeira, da Escola Silvio Nascimento, no Ciclo II; Jobson Teles da Silva, da Escola Monsenhor Azevedo, no Ciclo III; Lúcia Cristina Barreto Braga, do Liceu Escola Mestre Raimundo Cardoso, no Ciclo IV; Ana Paula S Canto, da Escola Palmira Lins de Carvalho, na Educação de Jovens e Adultos; Aline Ellen Fontes da Costa, do Liceu Escola Mestre Raimundo Cardoso, na categoria Servidor; e na categoria Professor, Edson Ney da Paixão, da Escola Silvio Nascimento.

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Novembro Azul: “A Vida na Ponta do Dedo”

A Secretaria Municipal de Educação através do Núcleo de Atenção à Saúde do Trabalhador aderiu à campanha Internacional do “NOVEMBRO AZUL.
Voltamos desta vez trazendo para reflexão uma nova abordagem que tem como tema: “A Vida na Ponta do Dedo”. O movimento Novembro Azul iniciou na Austrália, em 2003. No Brasil, o Novembro azul iniciou pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, com o objetivo de quebrar o preconceito masculino de ir ao médico.
Dedicado à saúde do homem e ao combate do câncer de próstata. O mês foi escolhido devido o dia 17 ser considerado o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata.
Neste sentido, a campanha denominada Novembro Azul, tem como objetivo a conscientização e motivação da população masculina a realização de exames preventivos. Pasmem, são 50 mil novos casos de câncer de próstata confirmados por ano no Brasil e mais de 1000 homens morrem por mês.
Portanto, se você conhece ou têm parentes e amigos com mais de 45 anos, incentive-o a não se contentar em fazer apenas o exame de sangue e o ultrassom, mas realizar em especial  o exame de toque! Pois sua Vida pode estar na Ponta do Dedo.


Na finalização do evento, aconteceu a palestra “HIV/AIDS”, ministrada pelo microbiologista Adailton Brito, antecedida pela dinâmica sobre o “medo”, facilitada pela psicóloga Michelle Malcher. Já no Salão Pérola, aconteceu a apresentação do Grupo Som Maúma, da Escola Municipal Palmira Lins de Carvalho.
 Novembro Azul: “A Vida na Ponta do Dedo” NAST - DERH - SEMEC.
  Novembro Azul: “A Vida na Ponta do Dedo” NAST - DERH - SEMEC
  Novembro Azul: “A Vida na Ponta do Dedo” NAST - DERH - SEMEC

  Novembro Azul: “A Vida na Ponta do Dedo” NAST - DERH - SEMEC
  Novembro Azul: “A Vida na Ponta do Dedo” NAST - DERH - SEMEC
 Novembro Azul: “A Vida na Ponta do Dedo” NAST - DERH - SEMEC
Fotos: Rosinha e Michelle Malcher.

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Servidores participam da cerimônia de abertura do Josbel 2015.

Programação de abertura do Josbel 2015 teve desfile das delegações de todos os órgãos municipais.

Josbel 2015
 Josbel 2015
 Josbel 2015

A Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Esporte, Juventude de Lazer (Sejel), deu início a mais uma edição dos Jogos dos Servidores de Belém – Josbel 2015, na noite desta quinta-feira, 19, no Ginásio Altino Pimenta.
O Josbel é uma competição exclusiva para o funcionário público municipal, um momento já esperado durante o ano. “Faço questão de participar. Meu time joga toda quinta-feira, então estamos preparados e confiantes para a vitória”, disse confiante Ítalo Matos, funcionário da Secretaria Municipal de Coordenação Geral de Planejamento e Gestão (Segep).
A cerimônia de abertura iniciou com desfile dos representantes dos 23 órgãos municipais, ao som da banda da Guarda Municipal de Belém (GMB) e teve, ainda, juramento e corrida com a tocha. Ao todo mais de mil pessoas se inscreveram nas categorias vôlei masculino e feminino, futsal, queimada e futebol de campo.
“É uma grande festa para os funcionários públicos, um momento de confraternização entre as secretarias, competições em campo, quadras. Até 20 de dezembro muito jogo e diversão. O grande objetivo é proporcionar lazer, por meio do esporte, tirar os funcionários da rotina, além de conhecer outros funcionários e fazer novas amizades”, pontuou o titular da Sejel, Deivison Costa.
A assessora da Fundação Papa João XXIII (Funpapa), Marinize Rodrigues, vai competir no vôlei feminino e se disse ansiosa. “Eu participo todos os anos e me sinto muito bem e feliz em fazer parte deste momento. Minha secretaria está confiante para mostrarmos nosso valor”.
Presente  na cerimônia de abertura, a vice-prefeita, Karla Martins, manifestou apoio e elogiou os funcionários que se inscreveram para as disputas. “É um momento de participação e união dos funcionários. Desejo excelentes jogos e temos orgulho de vocês”, declarou.
O encerramento da programação teve a participação da Companhia Municipal de Dança com duas apresentações para o público do ginásio Altino Pimenta.
Texto: Priscylla Gester
Foto: Alessandra Serrão - NID/Comus
Coordenadoria de Comunicação Social (COMUS)